Refresque a sua Primavera no Cantinho da Anita

Sedas e fazendas de qualidade para alegrar a Primavera de homens e senhoras estão já disponíveis no Cantinho da Anita, pronto-a-vestir localizado na Galeria Encosta do Sol, em Massamá. Este estabelecimento comercial não deixa de surpreender pelas roupas de qualidade que primam pelo conforto e beleza a preços justos e que deixam as grandes superfícies comerciais a um canto.

“A nossa aposta continua a ser em vestuário actual, que se ajusta às estações do ano e ao gosto de qualquer cliente. Privilegiamos o vestuário nacional, mas também temos marcas de qualidade reconhecida como Chatelet e a Myrra. Temos gangas, sarjas e bombazines de criadores 100% portugueses”, explica Ana Maria, mais conhecida por Anita, a proprietária do estabelecimento.

“O nosso lema é e sempre será a satisfação dos clientes. Se a pessoa quiser também pode trazer desenhos e tecidos que nós fazemos roupa à medida e de acordo com o seu desejo. Também executamos todo o tipo de arranjos que os clientes precisarem e se a roupa for comprada no Cantinho esse trabalho é grátis”, assegura Anita. 

E a proprietária do Cantinho garante total disponibilidade: “Estou sempre pronta para responder aos pedidos dos clientes. Se precisarem de colocar botões, de fazer uma bainha, de colocar um fecho, etc, podem contar com a nossa qualidade e rapidez. Podem ligar a qualquer hora para o telemóvel 917094937 que eu atendo sempre.”

Oportunidade de negócio

A imensa procura que os serviços de Ana Maria têm tido levaram esta comerciante, de 59 anos, a tomar uma decisão: ceder uma das lojas que explora a alguém que queira enveredar pelo mundo dos negócios. 

“Já não tenho idade nem energia para estar nas duas lojas. Por isso, vendo todo o material da loja de pronto-a-vestir a preço de fábrica e ajudo quem quiser ficar com a loja a dar os primeiros passos. Faço permuta de serviços e cedo a carteira de clientes e de fornecedores a quem desejar investir numa coisa segura. Basta virem falar comigo que certamente irão gostar do projeto ”, garante Ana Maria, que prefere “ficar apenas com a parte da costura e dos arranjos”.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *