O bairro de Tercena que afinal pertence a Massamá

Poucos são aqueles que a conhecem pelo nome e menos ainda os que sabem que pertence à Freguesia de Massamá e Monte Abraão. Falamos de uma urbanização da Pimenta e Rendeiro e que foi pomposamente batizada de Unidade Residencial de Tercena. Os moradores locais queixam-se de estradas sem passeios, de falta de policiamento e de serem poucos os que se lembram da urbanização. Uns gostam da aparente paz que reina na zona. Outros nem por isso. Mas são unânimes quando dizem que, afinal, não sem carne nem são peixe.

“Para umas coisas somos de Massamá e do concelho de Sintra. Para outras já somos de Barcarena e de Oeiras. Estamos no meio de tudo e de coisa nenhuma”, afirma António de Almeida, de 88 anos, morador na Rua Alexandre O’Neill, acrescentando: “Nem sabemos bem o nome que o bairro tem agora e só há relativamente pouco tempo é que deram nome a quatro ruas.”

E são mesmo só quatro as ruas da urbanização. A principal, que é metade Oeiras e metade Sintra, dá pelo nome de Rua Helena de Aragão e as restantes são a Alexandre O’Neill, a Alexandre Cabral e a Elina Guimarães. 

Parque Aventura foi investimento da União de Freguesias

Apesar de tudo, a urbanização ou unidade residencial, tem um pequeno espaço ajardinado, um parque canil (que é de Terecena) e um parque aventura. E o resto? O resto é um espaço dormitório sem quaisquer serviços públicos ou privados.

“Não temos aqui nada. Existe à entrada da urbanização um placard da Junta que não é atualizado há imenso tempo. Temos pedido para fazerem um passeio na Helena Aragão, porque é a artéria por onde entramos e saímos obrigatoriamente, mas parece que é preciso haver acordo entre a Câmara de Sintra e de Oeiras, para definirem quem faz o quê e quem paga o quê. E isto dura há anos”, lamenta Clara Costa, moradora local há 21 anos, praticamente os mesmos que tem a denominada Unidade Residencial de Tercena.

Pouco policiamento

Os moradores locais não falam em insegurança. Mas também denunciam a falta de policiamento. “Se durante um mês vir por aqui um carro da polícia a circular é muito. Esta zona é relativamente sossegada, mas já tivemos assaltos a pessoas que iam na rua, carros roubados ou que ficam sem os pneus e assaltos a residências. Acho que merecíamos que passasse aqui um carro da polícia pelo menos duas vezes ao dia. Já nem pedimos agentes a pé, porque, esses, acho que nunca vi”, desabafa Clara Costa, uma administrativa do ramo imobiliário.

António de Almeida aponta ainda o dedo à falta de limpeza do único acesso daquela zona de Massamá à Avenida 25 de Abril, onde funcionam quase todos os serviços de que precisam: “Temos de ir lá às compras, ao banco, ao multibanco, aos correios, etc. Para o fazermos a pé temos de atravessar o IC-19 através de uma ponte pedonal que está em péssimo estado. Além de falta de limpeza, tem o piso danificado e quando chove cria verdadeiros lagos que são impossíveis de atravessar.”

“Falta de iniciativa”

Pedro Brás, presidente da União de Freguesias de Massamá e Monte Abraão, conhece bem a Unidade Residencial. Mas assegura que a Junta pouco mais pode fazer: “Trata-se de um bairro onde já fizemos várias intervenções, nomeadamente com a construção de um parque aventura. Mas a verdade é que os principais problemas se situam nas zonas limítrofes da urbanização e que já não pertencem à freguesia. Não podemos invadir espaço que não é nosso.”

O restaurante, agora fechado…

Apesar de tudo, Pedro Brás coloca o dedo na ferida: “A verdade é que o grande problema daquela zona é a falta de investimento privado. Havia lá um restaurante que até era bastante conhecido e que fechou por razões que desconhecemos e uma pequena pastelaria que também já não existe. Agora as pessoas se quiserem beber um simples café ou comprar pão têm forçosamente de ir ao outro lado da estação da CP ou a Tercena. Mas neste aspeto a Junta não pode intervir. Estamos atentos e disponíveis para resolver qualquer problema, desde que nos seja possível.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *