Caracóis e Caracoletas: O alimento nutritivo do Verão

À venda sobretudo entre Maio e princípio de Setembro, são inegavelmente um petisco muito apreciado. Em França, são conhecidos por “escargots”. Por cá, são mesmo caracóis ou caracoletas, consoante o tamanho. Constituídos por água, ricos em proteínas e pobres em gorduras, são sem dúvida o alimento nutritivo do Verão.

Contém sais minerais, como magnésio, ferro, cobre e zinco que garantem a saúde do organismo. Mesmo os caracóis cozinhados em restaurantes têm um baixo valor calórico: cerca de 100 kcal por 100 gramas. A forma como são confecionados não altera as suas calorias, mas o acompanhamento da refeição, como cerveja ou pão, já faz a diferença.

A maioria dos caracóis, à venda atualmente, são oriundos de Marrocos. A pouca criação que existe no nosso país é, sobretudo, de caracoleta. Mas já não há muita gente que se levante cedo para percorrer os campos e recolher umas boas sacadas desta iguaria.

Comprado a cerca de 1 euro por quilo, são vendidos por um preço bastante superior nos cafés e restaurantes. Uma dose, equivalente a um prato de sobremesa, custa cerca de 5 euros. Nos mercados e supermercados, consoante a zona do país, podem ser encontrados à venda caracóis vivos por valores que variam entre os 2 e os 6 euros ao quilo. As caracoletas são mais raras e mais caras.

Dicas

Aqui ficam alguns conselhos para preparar e saborear estes “reis da corrida” ao prato sem correr riscos:

1 -Ao cozinhar caracóis em casa, tenha cuidado com a limpeza dos mesmos, dado o seu pé estar em constante contacto com o chão. Comece por retirar, com a ponta de uma faca, o opérculo, ou seja, uma formação calcária que tapa a abertura da concha;

2- Verifique se o animal está vivo (não vá ele fugir); 

3 – Lave os caracóis com água morna e sal. Repita a operação várias vezes, mudando sempre a água. Coloque-os numa panela com água e cozinhe-os em lume brando;

4 – Depois de cozidos, escorra-os;

5 – Ponha os caracóis de novo numa panela com água. Tempere com sal, alho, cebola, orégãos, margarina e, se gostar, picante ou presunto. Deixe cozer cerca de 40 minutos.

E, bom apetite!

Fonte: Deco/Proteste

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *