Basílio recebido em euforia na Escola nº 1 de Monte Abraão

Já passavam das 13h00 do passado dia 31 de Janeiro de 2019. Basílio Horta e a comitiva que o seguia na 4ª Presidência Aberta à União de Freguesias de Massamá e Monte Abraão desceram calmamente do autocarro que os transportava. Na agenda estava uma breve visita à Escola Nº 1 de Monte Abraão, para que o autarca visse os problemas daquele estabelecimento de ensino e autorizasse obras de intervenção. De repente, todos os planos foram por água-abaixo. É que mal o presidente colocou os pés no interior da escola foi literalmente engolido por dezenas de crianças. E a visita transformou-se numa enorme festa.

“Nunca tinha visto nada assim. Ele foi literalmente abafado pelas crianças. Já não houve oportunidade para visitar a escola, porque ele teve de responder às crianças e dar-lhes carinho. Impressionante”, descreveu Rui Mateus, assessor do autarca há vários anos.

Basílio Horta quase foi às lágrimas e mesmo sem ver as obras de que a escola precisava aprovou de imediato a sua concretização. 

O engenheiro Francisco Infante, mais tarde, explicou aquilo que está e vai ser feito em Massamá e Monte Abraão no que às escolas diz respeito. “Há quatro grandes escolas na freguesia da responsabilidade da Câmara. Três estão em intervenção. Estamos a reabilitar os edifícios a nível de cobertura, de sistemas elétricos, dos logradouros, das cozinhas e a erradicar todo o fibrocimento que ainda existe. É um programa de quatro anos e vamos no primeiro. Mas contamos terminar antes do previsto. Na E. B. Nº 1 de Massamá, por exemplo, as obras já terminaram e no Jardim de Infância que existe ao lado também.”

Intervenção em todas as escolas

Autarquia de Sintra vai investir mais de 20 milhões de euros na melhoria das escolas do concelho até 2021

Certo, garante Francisco Infante, é que até final deste ano estarão reabilitadas as EB nº 2 de Massamá e de Monte Abraão, com conforto térmico, isolamento dos interiores e eliminadas as infiltrações. E em 2020 acabará o fibrocimento nos estabelecimentos de ensino da freguesia. Todas as cozinhas serão igualmente modernizadas, garantindo todas as condições de higiene e a qualidade alimentar. 

“Serão melhorados os logradouros, criados espaços sombra, ligações por telheiro entre os espaços escolares para ninguém apanhar chuva e construídos parques infantis, nomeadamente os “Fitness Kids” que se estão a revelar um verdadeiro sucesso junto da pequenada”, concretizou o técnico camarário.

Segundo Basílio Horta, a autarquia vai gastar mais de 20 milhões de euros na melhoria das condições das escolas de todo o concelho até 2021. E não apenas nas escolas que são da responsabilidade da Câmara. 

“Não posso aceitar que exista um aluno que seja sem condições dignas para estudar. E não á escolas da Câmara e escolas do Governo. Há escolas de todos. E asseguro que iremos intervir em todas elas. Pertença a sua gestão a quem quer que seja.” 

Palavra de presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *